Terceira Semana: ADORAÇÃO

Nesta semana, propomos a Adoração como fonte de alegria. Adorar a Deus é reconhecê-l’O como único Criador e Salvador, único Senhor de tudo quanto existe e Amor infinito e misericordioso (cf. CIC 2096). Adorar o Pai, em espírito e em verdade, significa orientar a vida toda para Ele. Adorar a Deus é reconhecê-l’O como a nossa verdadeira medida, cuja norma da verdade e do bem aceitamos seguir (cf. Bento XVI, Homilia, 21.08.2005). Nós, os cristãos, não adoramos as coisas (como a televisão, o computador ou o telemóvel) nem mesmo aquelas pessoas de quem gostamos muito. Só a Deus adoramos, quando O reconhecemos, como Aquele que deve ter em tudo o primeiro lugar. Uma das belas formas de adorar a Deus é participar na Eucaristia. Podemos ainda prolongar a nossa gratidão, louvando o Senhor, escondido e presente na hóstia consagrada. “Permanecer diante de Jesus, na Eucaristia, permite-nos beber na própria fonte da graça” (EE 25).


Comentários

Mensagens populares deste blogue

FESTA DA LUZ - 3º ano de catequese

Festa do Credo - 5º ano de catequese