Caminhada de Advento - 1ª semana


Sentido da caminhada: do cabaz à manjedoura
Do cabaz de Natal…
O cabaz de Natal, recheado e decorado, faz parte das nossas tradições natalícias e é um símbolo da partilha e da “onda de solidariedade” que este acontecimento desperta nos crentes e em todos os homens e mulheres de boa vontade.
Hoje em dia é muito utilizado como forma de agradecer a presença de alguém ao longo do ano, a companhia e a amizade dos colegas de trabalho, ou ainda como expressão de agradecimento pelo bom desempenho dos colaboradores de uma empresa ou instituição. Mas o cabaz é sobretudo um dos símbolos mais eloquentes do Natal e um dos gestos solidários mais significativos, com os mais pobres e frágeis da terra.

…até à manjedoura de Belém!
Neste Natal, o cabaz, que queremos apresentar, cheio de bons frutos, terá de ser “esvaziado”. Procuraremos que esse “vazio” aberto se encha de boas obras (expressas nos rolos de papel) e se torne assim “a manjedoura”, o lugar onde se alberga a nossa salvação. O cabaz familiar esvaziado no cabaz paroquial e este esvaziado na ajuda às famílias tornar-se-á então a manjedoura que abriga a vida d’Aquele pelo Qual todos somos salvos: “um recém-nascido, envolto em faixas e deposto numa manjedoura” (Lc 2,12).
Imbuídos e iluminados por esta simbologia propomos a seguinte “Caminhada de Advento-Natal 2015-2016”, com o lema “Há mais alegria em dar (-se)” (At 20,35)! “Felizes os misericordiosos” (Mt 5,7)!

Datas
Referências bíblicas
Palavras-chave
Gestos simbólicos
Desafios para vivência semanal
(com algumas sugestões)
1.ª Semana do Advento
“O Senhor vos faça crescer e abundar na caridade uns para com os outros e para com todos”(1 Ts 3,12)!
Caridade
(arroz)
VERDE
- Apresentar ocabaz paroquialvazio.
- Construir o cabaz
em família.
Dá!
- Abdicar de algo material e colocá-lo no cabaz…
- Prestar atenção à família e àqueles que a rodeiam.
- Auxiliar aqueles que necessitam de ajuda
nas pequenas tarefas do dia a dia.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

FESTA DA LUZ - 3º ano de catequese

Festa do Credo - 5º ano de catequese